4 estratégias de marketing para alavancar seu negócio

Estratégias de marketing vem se tornando cada vez mais essenciais para divulgar negócios e trabalha a comunicação das empresas. Acontece que hoje em dia, clientes estão muito mais preocupados com atendimento de qualidade, oportunidades e responsabilidade social. Por isso, confira neste post 5 estratégias de marketing para alavancar seu negócio.

Desenvolver um planejamento de marketing e aplicar as estratégias certas, nas ações certa, aumentará expansivamente a probabilidade de você fechar negócios, conquistar novos clientes e cativar os já conquistados.

É o caso das empresas do setor de calçados em couro sintético. Esse setor vem crescendo exponencialmente, desenvolvendo grandes estratégias de marketing para alavancar suas vendas. 

Eles passaram a cadastrar seus clientes e nutrí-los com novidades sobre a loja, para que compram novamente. Aproveitam datas especiais para fazer grandes campanhas de divulgação, e usam as redes sociais como vitrine e produzem conteúdo de qualidade, para instigar seu leads a quererem as novas tendências da moda.

Confira agora 5 estratégias de marketing para alavancar seu negócio:

Gestão de redes sociais

Marcar presença nos meios digitais é um dos primeiros passos para estreitar a relação que sua empresa tem com seus potenciais clientes. Com a chegada das redes sociais,  criou-se uma forma gratuita de mantê-los informados de todas as suas novidades.

Por meio dessas ferramentas, o objetivo é tornar aquele cliente ideal cada vez mais próximo da sua marca. Por isso é importante entender quem é o seu público ideal, o que é chamado de “persona”. 

Nesse trabalho de criação de personas, você irá definir qual é a melhor linguagem para conversar com seu público, que tipo de conteúdo sua persona gosta, buscar entender suas dores e necessidades. Esse é o primeiro passo para alavancar seu negócio com o marketing.

Investir em anúncios patrocinados

Sendo o inbound mkt uma estratégia que irá alavancar seus negócios de forma orgânica na internet, sabe-se que é um processo que leva tempo, e provavelmente você não quer esperar e precisa de uma solução que seja mais imediata. Nesse caso, investir em anúncios patrocinado na internet pode ser uma ótima solução.

Esses anúncios podem aparecer nas pesquisas do Google e nas redes sociais, como Instagram, Facebook e Twitter. O interessante é que você pode segmentar seu público, especificando, sexo, faixa etária, poder aquisitivo, região, bairros, entre outros. 

Esse recurso te ajuda a atingir seu público com facilidade, sem perder tempo com quem não é o perfil da sua empresa ou que você sabe que não irá se interessar. Assim, tudo que você precisa é fazer uma boa promoção e seja assertivo em sua venda.

Outbound Marketing

Diferente do inbound Mkt, o outbound mkt tem como estratégia ser mais direto e invasivo. Se o seu negócio é físico e local, como um loja de roupa ou sapatos, não dá para divulgar só pela internet. 

Publicidade em rádios e TVs, outdoor e busdoor, panfletos e sinalização digital, que são aqueles painéis de led passando informações sobre o seu produto ou serviço.

As estratégias de marketing outbound também podem ser usadas para você se tornar referência e autoridade dentro do seu nicho de mercado. Você pode dar palestras sobre determinado assunto, participar de feiras e eventos culturais, criar parcerias, todos esses exemplos são estratégias outbound.

Whatsapp

Com mais de 1,5 bilhões de usuários, o Whatsapp se tornou a ferramenta de relacionamento mais usada no mundo inteiro. Só por aí já dá para imaginar o que se pode ter de retorno dela, basta ter criatividade para usá-la.

Seu boom foi tão grande que o próprio app desenvolveu recursos para auxiliar o mundo business. Disponível apenas para android, o Whatsapp Business facilita a interação B2C, disponibilizando ferramentas que ajudam a automatizar processos, classificar clientes e responder de forma rápida as mensagens dos clientes.

O app é usado como canal de atendimento e relacionamento e para nutrir seus leads e clientes. Você pode criar conteúdo com dicas, notícias, tendências e promoções para deixar seu público informado sobre o que acontece em sua loja e dentro do seu ramo de atuação.



Conheça algumas estratégias para aplicar marketing digital

Quando começamos a trabalhar com o marketing digital pode ser comum que muitos falarem sobre como as estratégias certas promovem melhores resultados no seu negócio.

E isso é verdade, se você quer crescer e ser reconhecido no meio digital é preciso utilizar de algumas estratégias e se você quer saber quais são as principais, continue lendo que vamos mostrar todas para você. Confira

 

Tenha uma plataforma de divulgação

Por mais que você tenha um instagram ou qualquer outra rede social com grande audiência é preciso que você tenha um site para que seus clientes te achem e tenham mais informações sobre o seu negócio.

Caso você não tenha domínio para criar um site, existem diversas opções de empresas de criação de sites sp e que você pode contratar para fazer o serviço para você.

Essas empresas vão entregar um serviço de qualidade e que fará diferença em seu negócio.

Muitas pessoas pensam que essa é uma parte fácil e que pode ser feita por qualquer pessoa, mas apenas um site bem feito pode conseguir alavancar o seu negócio.

 

Produza conteúdo para o google e para seus clientes

 

Você precisa de produzir bom conteúdo para os seus clientes, mas além disso, você também precisa de produzir conteúdo para o google,  e isso é uma estratégias de marketing digital muito importantes. Pois ao produzir conteúdo de qualidade para o Google você consegue boas posições nas páginas de pesquisa e assim pode ser visto por muito mais pessoas.

Uma outra estratégia é utilizar palavras chaves de alta busca no google. Assim você consegue saber o que as pessoas estão buscando e pode produzir o conteúdo voltado para essas pessoas. Responda as dúvidas dos seus clientes e com certeza você terá bons resultados com o seu negócio.

 

Use chamadas nos seus textos

As CTAs são chamadas para a ação, ou seja, induz seus leitores a fazerem algo, seja se inscrever em uma lista de email, seja uma compra de produto. Elas são muito importantes para que você faça seu público interagir com o conteúdo. Essas CTAs deve estar nos textos do blog, nos posts do instagram e até mesmo em materiais de divulgação.

Utilize palavras como saiba mais, clique aqui, veja agora, se inscreva, entre outras que vão fazer com que o leitor tome ação a partir do que você está oferecendo.

 

Conteúdo único

Para que você tenha relevância é preciso que você produza conteúdo único, pois os conteúdos duplicados deixam o seu site mal posicionado. Por isso, não copie conteúdo de outros sites, além de ser crime o plágio, ainda prejudica o seu desempenho nos mecanismos de busca.

Mesmo que você tenha dois sites e vá produzir o conteúdo, coloque textos diferentes em cada um deles, pois assim você será melhor posicionado e ainda fornece informações relevantes aos seus clientes e público de modo geral

 

Faça posts patrocinados

Os posts patrocinados ajudam seu negócio a crescer, invista neles para promover seus negócios, seu site e até mesmo o seu instagram. Quanto mais pessoas forem atingidas pelos seus posts, mais visibilidade você consegue ter.

 

Essas são dicas simples, mas essenciais na estratégia de marketing digital e para que o seu negócio cresça.

Cuidados que devemos ter ao adquirir uma empresa

Adquirir uma empresa pode se tornar um ótimo negócio, quando:

  • Quando ela está em bom funcionamento, mas os atuais proprietários não desejam mais administra-la – muitos grupos de investidores planejam o retorno na venda após recupera-la;
  • Quando ela está em dificuldades e você tem a expertise no segmento e pode recupera-la a torna-la lucrativa.

É uma situação cada vez mais comum no mercado, justamente pelo investimento que pode representar: você recupera a saúde financeira e comercial dela e consegue um bom lucro na venda.

Comprar uma empresa pode ser uma forma de empreender de forma rápida

E também pode ser uma boa forma de começar no mercado pulando algumas etapas: mesmo que ela esteja em situação ruim, você tem inúmeros ativos e investimentos que já foram feitos e podem estar em bom estado (no caso dos ativos) e regulares (como por exemplo, a equipe de colaboradores). São as aquisições.

Ou seja, basicamente você vai rever as estratégias e investir, mas de forma localizada, sem a construção de uma empresa do zero. E muitas vezes você pode estar investindo em uma empresa concorrente, para expandir seu território e fatia de mercado. São as fusões.

Mas independente do motivo, é uma operação muito complexa e exige diversos cuidados que devemos ter ao adquirir uma empresa. Na hora de realizar fusões e aquisições fique atento a essas dicas.

01 – Avalie o motivo da compra da empresa

Certamente o motivo é um dos que listamos acima. Mas aqui o importante é rever profundamente se o motivo da compra é compatível com o que você poderá fazer com a empresa.

Por exemplo, se você vai comprar uma empresa concorrente, você tem planos prontos de transforma-la em uma unidade da sua marca? A demora pode desgastar a sua marca; e comprar sem um sinal de investimento pode repercutir negativamente – transmitir a ideia de um estilo predatório.

02 – Este é o momento financeiro da compra?

Esta pergunta vem junto com a anterior: pode ser um ótimo negócio, mas você está financeiramente pronto para a compra?

Importante lembrar que se a empresa está funcionando, existe uma despesa operacional obrigatória e, por isso, é preciso garantir o pagamento desta despesa, caso a empresa esteja deficitária. Avalie com critério o seu fluxo de caixa (ou da sua empresa) porque você precisará de um fundo para mantê-la até que gere resultado para manter-se.

03 – A empresa vale o que pedem?

Esta análise é fundamental para que o negócio tenha uma qualidade financeira compatível com os próximos tempos de investimento. Você pode avaliar o valor da empresa através de alguns métodos:

  • Analisar o retorno sobre o investimento;
  • Analisar o retorno sobre o investimento, mas separando o retorno de ativos e os ganhos de outra natureza;
  • Analisar com base nos ativos tangíveis.

04 – Quais os motivos da venda?

Uma conversa longa com o proprietário atual é fundamental para entender alguns pontos que farão muita diferença no seu dia a dia.

  • Qual o motivo real da venda?
  • Qual o fluxo de caixa atual?
  • A empresa está se pagando atualmente?

Essas são apenas algumas das perguntas. E para demonstrar seu interesse pela empresa, você deve encaminhar uma Carta de Intenção relatando os seus termos de compra. Você também deve assinar um Termo de Confidencialidade garantindo que não usará as informações recebidas para outro objetivo que não seja a compra.

05 – Quais as dívidas e processos da empresa?

Verifique com o proprietário e funcionários dele se a empresa tem dívidas de impostos e bancos, se estão negociadas e em quais termos – podem ser longas o suficiente para comprometer a receita por muito tempo.

Outro aspecto essencial é pesquisar sobre processos trabalhistas e se a empresa está honrando  pagamento de salários.

Como divulgar seu trabalho na internet pelas Redes Sociais

Você tem um produto com ótimo qualidade, preço justo que os clientes reconhecem e uma estrutura adequada para atender… muito mais vendas do que tem hoje em dia.

Você sente que poderia estar vendendo mais? Ou que suas vendas estão caindo?

A primeira de algumas respostas  – que você tem quando olha o seu negócio a fundo – pode ser a falta de mais visibilidade digital: pode estar faltando Redes Sociais na sua estratégia de marketing digital.

As Redes Sociais são um excelente canal de comunicação digital com uma audiência de centenas de milhões que todos os dias passam por elas para se divertir, se informar, se relacionar e também para conhecer ou procurar produtos.

Empresas do mundo todo e de todos os portes sabem da importância de estar visíveis nas Redes Sociais. Sabem do potencial de vendas que pode surgir de uma divulgação correta de seus produtos e serviços – elas exigem pontos de atenção, mas o retorno compensa.

Mas como divulgar seu trabalho na internet pelas redes sociais? Vamos falar um pouco sobre o que pode ser eficiente para dar este salto de audiência.

01 – Conheça cada rede social nos detalhes

Cada rede social tem características que a distingue das demais e para ser eficiente no uso delas, é preciso entender onde as estratégias de marketing dos seus produtos e serviços realmente terão relevância.

  • Facebook: a rede mais massificada e um canal eficiente para praticamente todos os negócios;
  • Instagram: mais artístico, visual e muito nichada e negócios como escritórios, consultorias e algumas indústrias não vão obter resultados relevantes nela;
  • LinkedIn: pode ser o inverso do Instagram – mais voltada ao business style.
  • Youtube: uma rede visual que atende a todos os segmentos, da publicidade aos tutorias e cursos.

Conhecer as características de cada rede social é essencial para entender quais tem propostas que se alinham com o perfil do seu negócio e têm o seu público-alvo em volume relevante.

Estar presente em todas pode provocar uma superexposição que pode distorcer a imagem do negócio, além de gerar custos desnecessários.

02 – Defina a Persona do seu negócio

É fundamental ter uma Persona bem definida para trabalhar as campanhas e os conteúdos orgânicos que serão usados nas redes sociais definidas para o seu negócio.

É a partir dela que você terá uma série de informações para interpretar e criar as experiências que vão realmente atrair o seu público. Para uma Persona mulher, solteira e de 30/40 anos, o tipo de conteúdo é completamente diferente do que usamos para uma mulher, casada, com filhos.

03 – Produza conteúdo mais atraente e menos comercial

A lógica de conquista de clientes nas redes sociais funciona de uma forma completamente única.

Criar conteúdo (artigos, postagens, vídeos, imagens) visando apenas propagar seus produtos e serviços pode ser menos eficiente do que você imagina. Porque nos dias de hoje o usuário/cliente quer muito mais engajamento e antes de pensar em comprar.

Eles quer participar ativamente de discussões, entender os valores da sua empresa, ver autoridade nas suas publicações para, em um determinado momento, considerar a compra do seu produto.

Esta jornada exige muita inteligência de marketing para perceber que tipos de conteúdos atraem mais em cada rede (imagens e áudios no Instagram, por exemplo), em que estágio cada cliente pode estar e oferecer conteúdo direcionado a esta momento para provocar uma ação.

04 – Conte com uma parceria para potencializar resultados

O mundo digital muda constantemente, principalmente os critérios que vão definir a visibilidade do seu negócio nos mecanismos de busca – e onde a sua presença é vital.

Acompanhar esta dinâmica, e ainda ter de cuidar da produção, das equipes, dos atendimentos, das vendas e das entregas, é desafiador. As análises podem demorar muito e perderem eficácia em dias.

Portanto, a ajuda de um profissional que acompanha todo este universo, como um Consultor de Marketing Digital é fundamental para definir rapidamente as estratégias que serão usadas nas redes sociais e as métricas.

 

3 tipos de Tendas e quando usar cada uma delas!

Você está preparando um grande evento corporativo na sua empresa, com a presença de muitos clientes e um clima para fechar negócios?

Está planejando o casamento do seu cliente e imaginando as opções de locação? Ou precisando investir em um local provisório de seus produtos?

Em diversas ocasiões, sabemos como pode ser muito alto o investimento em um imóvel, galpão ou terreno com edificação para fazer um evento.

As opções, em alguns lugares principalmente nas grandes cidades, são poucas porque dependem de grandes áreas. Mas a solução pode ser mais simples, com charme e praticidade e custar menos: as Tendas.

As Tendas são, hoje em dia, uma alternativa cada vez mais procurada por:

  • Empresas que querem seus eventos internos e comerciais em terrenos próprios.
  • Festas e casamentos de grandes proporções e que podem ficar mais charmosas com uma ou mais tendas criando ambientes.
  • Empresas que precisam de um espaço coberto adicional e não querem investir em construções de alvenaria – ou não compensa quando o local é temporário.

Como podemos ver, as Tendas são uma solução eficiente e de ótimo impacto. Vamos falar de 3 tipos de Tendas e quando usar cada uma delas.

Tendas: versatilidade e uma bela presença

Muitas pessoas têm uma ideia de algo um tanto circense ou básico demais quando falamos de Tendas.

Mas este mercado mudou bastante, hoje podemos encontrar modelos dos mais variados tamanhos, desde as menores para cobrir áreas em quintais para eventos familiares de pequeno porte até as usadas em grandes eventos, com uma estrutura complexa e muito resistentes.

Elas podem ser fechadas ou apenas a cobertura, abertas nas laterais. Em um ambiente ou com compartimentos que permitem criar ambientes – podemos imaginar as dimensões dela e o quanto as Tendas evoluíram.

Quais as vantagens de usar uma Tenda no seu evento

As vantagens fazem das Tendas um diferencial para proteger e viabilizar um evento.

Proteção do Clima

Imagine desperdiçar tempo, dinheiro e uma data especial porque está chovendo no dia do evento. As Tendas são feitas de material sintético e impermeável, e além disto a estrutura de fixação e montagem é resistente aos mais fortes ventos.

Conforto Térmico

Festas, casamentos e eventos com produtos são ocasiões onde as pessoas ficam por horas e por isso é preciso criar um ambiente de conforto.

As Tendas impedem a entrada da luz do sol e as brancas – a preferida – reflete mais a luz e com isso absorve menos calor.

Facilidade e Praticidade

As Tendas atuais são feitas em condições que permitem a montagem de forma muito rápida e segura, além da alta resistência do material.

Convivência com a Decoração

As Tendas têm variações de cores, formatos e designs que permitem escolher a que mais combina com o tipo de evento, de uma festa de casamento a uma exposição de produtos. É só escolher o tipo de Tenda que preferir.

Quais os tipos de Tenda que você pode conhecer e usar?

Aqui estão os principais tipos de Tenda que podemos encontrar no mercado.

1 – Tendas Piramidais

Estas são as preferidas nos grandes eventos corporativos e especialmente em grandes festas. Possuem uma estrutura de aço e design sofisticado. Podem ser montadas em série e as travessias entre elas também são protegidas da chuva.

2 – Tendas Tensionadas

Tem um design mais moderno e são muito usadas em eventos com som, pois possuem excelente acústica.

3 – Tendas Sanfonadas

São as mais práticas em montagem e desmontagem e ideais para eventos em espaços menores e que sejam recorrentes, como por exemplo feiras semanas ou mensais em lugares onde não pode haver uma estrutura permanente.

 

Gostou destas informações sobre Tendas? Saiba mais sobre como adquirir um desses modelos de Tenda.

 

Pensando em abrir um Laboratório de Análises Clínicas? Vejas estas dicas!

O setor de Laboratórios de Análises Clínicas vem crescendo seguidamente nos últimos anos e se torna uma atividade com muito potencial de sucesso.

A saúde pública tem atravessado momentos difíceis, e isto favorece muito o crescimento de laboratórios, para atender uma demanda forte de pessoas que têm planos privados de saúde e uma preocupação cada vez maior com a prevenção – sem contar a eficiência e rapidez no caso de exames auxiliares de tratamento.

Mas investir neste setor é um alto e complexo investimento, com detalhes específicos e alguns essencialmente técnicos, que dependem de um conhecimento grande para tomar as melhores decisões.

Você está pensando em abrir um laboratório de análises clínicas? Vejas estas dicas.

1 – Comece seu Laboratório de Análises Clínicas por um Plano de Negócios

Este é o instrumento mais importante da construção de um negócio: o Plano de Negócios.

Nele estarão todas as premissas e dados que precisamos para desenvolver as ações para implantar um laboratório. Podemos destacar:

  • Definição de público-alvo.
  • Estratégia de marketing.
  • Expectativa de receita e despesa operacionais mensais.
  • Valor de investimento inicial.
  • Lista de equipamentos, mobiliários e demais itens.
  • Cronograma de abertura.
  • Obrigações fiscais e setoriais para abertura e manutenção.

A lista é bem mais extensa e dá a dimensão da importância. É fundamental ter, com o Plano de Negócios, o domínio completo de todos os fatores de sucesso e riscos. Desta forma, podemos abrir o negócio com mais segurança.

2 – Conheça bem a concorrência do seu Laboratório de Análises Clínicas

Conhecer a concorrência é uma regra primordial para iniciar o negócio. No setor de Laboratório de Análises Clínicas, apesar de existirem poucas empresas, são muito competitivas e sempre buscam alternativas para conquistar clientes.

Este conhecimento dependerá muito da abrangência do seu negócio – a extensão regional que ele deve alcançar. Mas é importante conhecer os produtos que ele atende – você pode oferecer alguns que os concorrentes mais fortes não fornecem.

3 – Implemente um Plano de Marketing para seu Laboratório de Análises Clínicas

Aqui podemos compreender o marketing de forma ampla – as estratégias para dar visibilidade ao seu negócio, conquistar clientes, gerar vendas e fideliza-los.

O Marketing Digital é fundamental para atingir estes objetivos da forma mais rápida e com eficiência e chances muito maiores de sucesso.

Você pode mapear toda a região em busca do mercado potencial de clientes conforme um perfil definido – e ele deve estar definido como premissa do Plano de Negócios. A partir dele, deve-se desenvolver as ações para usar cada canal digital de interação com seu público-alvo.

  • Uso de site e blog para divulgação dos serviços e conteúdo relacionado.
  • Uso das redes sociais para publicar conteúdo relacionado com o setor.
  • Estratégia de Funil de Vendas com e-mails.

Essas são algumas das estratégias mais conhecidas. O importante é buscar uma consultoria especializada e montar um Plano de Marketing alinhado com seu Laboratório de Análises Clínicas e aumentar a eficiência do seu investimento.

4 – Entenda as exigências para abrir seu Laboratório de Análises Clínicas

Um empreendimento na área de Saúde convive com uma série de exigências legais e é importante cumpri-las integralmente para não correr riscos de o negócio ser paralisado até que a exigência seja atendida.

Aqui podemos dividir as exigências em:

Exigências legais de um Laboratório de Análises Clínicas

  • Cadastro de CNPJ.
  • Elaboração e registro do Contrato Social.
  • Alvará sanitário.
  • Alvará municipal de funcionamento.
  • Licenciamento no órgão de meio ambiente da região.
  • Consultar a viabilidade de instalação no local escolhido (Prefeitura).

Exigências setoriais de um Laboratório de Análises Clínicas

  • Cadastro do laboratório nos planos de saúde, hospitais e clínicas da sua região.
  • Registro no Conselho Federal de Biomedicina.

5 – Conheça as experiências de sucesso para seu Laboratório de Análises Clínicas

Os exemplos de sucesso no nosso setor trazem muitas lições aprendidas que podem ajudar muito a construir um negócio e, principalmente, entender os obstáculos que fazem parte do caminho.

Um bom exemplo de laboratório é o Minas Labor que vem se destacando dentro e fora da internet. Conheça o site para se inspirar.

 

Dicas de Marketing Digital para quem vende produtos físicos!

Vender através da internet tornou-se uma estratégia obrigatória para praticamente todos os nichos de mercado de produtos e serviços.

A realidade de comércio hoje em dia é digital, onde empresas podem se expor e relacionar-se com um número impressionante de usuários – que podem tornar-se seus clientes em questão de minutos.

A comodidade de um clique pode fazer a diferença para perdermos vendas se não estivermos na maior vitrine do planeta: a internet. Mas, como toda estratégia, a experiência nos dá ideias valiosas para lidar melhor com o público que está por trás as telas.

Por este motivo, separei algumas Dicas de Marketing Digital para quem vende produtos físicos. Espero que ajudem o seu negócio. Boas vendas!

1 – Estude muito o seu público-alvo.

Muitas empresas erram ao superestimar o público-alvo, gerando expectativas que não são corretas. O resultado é uma frustração sem motivo real e custos desnecessários.

Por este motivo, estudar cuidadosamente quem é o seu cliente é fundamental. No Marketing Digital, este conhecimento é a base de tudo que será definido.

Saber claramente quem é o seu público pode decepcionar no começo pela quantidade. Mas lembre-se: dez possíveis clientes interessados multiplicam a sua base com uma rapidez que não existe em mil possíveis clientes indiferentes.

2 – Invista em um Blog de qualidade para o seu segmento.

A comunicação de qualidade com o público da internet é a base para transformar a sua marca em uma opção real de compra.

Quando falamos em blog para o segmento, é dar aos usuários um conteúdo com informações importantes sobre o mercado onde seus produtos estão inseridos e não apenas informar.

Se por exemplo, você vende produtos de beleza, é interessante falar das descobertas da ciência sobre produtos naturais para a fabricação deles, o que as pessoas estão consumindo, dicas de tratamentos.

O público-alvo vai naturalmente ver autoridade no seu conteúdo e associará ao seu produto.

3 – Explore as redes sociais. Com moderação.

A grade maioria dos usuários de internet estão em pelo menos uma rede social neste momento (se não for mais). Portanto, é nelas que o seu negócio precisa estar.

Um cuidado importante é onde expor: o Facebook, se bem usado, é eficiente em todos os nichos, porém redes como o Instagram, o LinkedIn e o Youtube podem não ser atraentes ao seu.

Por exemplo, se você vende peças para carro, o Instagram não vai agregar muito. Para vendas de roupas, ele é o mais interessante, para explorar o conteúdo visual (imagens e stories). Se você vende cursos, o LinkedIn deve estar no topo da sua lista.

Seus clientes – pessoas e empresas – estão usando todas as redes. Então, a escolha correta evita um massificação que prejudique sua marca onde ela não combina.

4 – O Whatsapp é um forte aliado.

Dentre as redes sociais, o Whatsapp é praticamente um must have do mundo atual: é a maior rede de mensagens instantâneas do mundo, difícil encontrar quem consome produtos e serviços e não tenha esta rede no seu aparelho

Este aplicativo é um ótimo recurso para divulgar seus conteúdos e produtos (na mesma lógica de cativar o público do seu blog) e manter um relacionamento comercial mais ágil.

Você pode usar a versão Business, que tem configurações e mensagens próprias para se posicionar como negócio.

5 – Imagens e vídeos podem ser o diferencial no seu marketing

As pessoas estão cada vez mais visuais na sua relação com as informações e empresas. Não por acaso termos hoje em dia uma rede essencialmente visual – o Instagram.

Investir em ótimas imagens e vídeos dos seus produtos é uma ótima estratégia – e em praticamente todos os segmentos. Afinal, qual negócio não tem um vídeo institucional, uma apresentação da linha de produtos ou pequenos passo-a-passo relacionados aos seus produtos?

Um cuidado com estes conteúdos é o tamanho: podem pesar na abertura das páginas do seu site ou blog ou no Whatsapp, desestimulando o usuário.

 

As dicas de Marketing Digital para o seu negócio físico não param por aqui. Existem muitas outras e um profissional de Marketing Digital pode ser um grande aliado seu neste assunto.

Um bom case de exemplo é essa empresa de gerador de energia à diesel, que prospecta seus clientes também online.

 

 

 

 

 

Como se destacar dos concorrentes com seu E-commerce!

O e-commerce é o realidade e o futuro cada vez maior das empresas de todos os portes e segmentos de produtos. Mesmo os pequenos comércios, hoje em dia, não podem abrir mão de estar pelo menos no Facebook para dar visibilidade à sua marca.

Porém, passado o momento em que muitas empresas surfaram na novidade, todas estão no mesmo ambiente e precisam criar formas de se destacar, conquistar mais clientes e aumentar o faturamento.

Como se destacar dos concorrentes com seu E-commerce? Vamos falar de algumas estratégias que podem ajudar muito nesse objetivo.

Um site de vendas fácil de usar

Este ponto parece óbvio, mas no dia a dia não vemos isso. Muitas empresas investem nos melhores recursos de web design e, ao final, o site fica perfeito. Para os web designers comprarem nele.

Agilidade é a marca do nosso tempos. Invista em uma solução que traga muitas qualidades, mas que sejam simples de achar e de usar. Rápida, de poucas páginas, intuitivo, com informações claras e um sistema de pagamento simples.

Se for oferecer a gravação de dados de cartão, certifique-se de que seu sistema de segurança impedirá invasões. Se quer vender por boleto, ofereça o link para os bancos mais conhecidos e a opção de receber por e-mail e pagar depois.

Quanto mais clean e objetivo, melhor será a experiência do cliente e a vontade de voltar, caso não decida pela compra naquele momento.

A opinião do cliente é importante em todos os momentos

A base do marketing digital é investir na qualidade do relacionamento das marcas com os clientes, melhorar sempre a experiência deles para que fidelizem, voltem a comprar e recomendem.

Porém, muitas empresas investem na captação e confiam no produto para continuar vendendo. E não funciona mais deste jeito.

Os clientes querem interferir, ser ouvidos e somente com canais ativos, sinceros e atraentes de comunicação isso é possível. E em toda a jornada, desde os conteúdos que atraiam o cliente para conhecer a marca até a venda e a pesquisa de satisfação.

E uma interação sincera e ágil com os comentários e reclamações nas redes sociais. Ali, a postura da empresa é a diferença entre disseminar sem segundos uma imagem boa ou ruim.

Uma entrega com cuidado e qualidade

A entrega dos produtos vendidos é um ótimo momento para dar à marca uma visibilidade a mais e reforçar a imagem da empresa diante dos clientes e do mercado.

Muitas empresas delegam a entrega às transportadoras e ao Correio sem acompanhar o padrão de qualidade, sem buscar um feedback dos clientes para aprimorar o serviço.

E para o cliente – e ele está correto nesta visão – a entrega é parte da venda e ele espera o mesma preocupação por qualidade que teve até aquele momento.

Buscar empresas que saibam lidar com diferentes tipos de mercadoria, com frota moderna e bem cuidada e profissionais educados são pontos que podem ser explorados para diferenciar o seu negócio dos concorrentes em um momento crucial da venda.

A embalagem agrega valor

Investir em uma forma personalizada de embalagem é uma estratégia eficiente para aumentar a visibilidade da marca e melhorar ainda mais a imagem da empresa diante dos clientes e do mercado.

Demonstra um cuidado e investimento em um ponto que poucas empresas percebem que é importante estar mais presente.

As sacolas plásticas personalizadas são uma excelente opção para fazer isso acontecer. Elas tem um material de maior qualidade e durabilidade, podem ser feitas de acordo com o estilo e tipo de mercadoria e ajudam a propagar a sua marca nas ruas e shopping centers.

Isto mantém a sua empresa mais tempo entre os consumidores, aumentando as chances de ser lembrada em outras ocasiões.

 

Esperamos que estas sugestões ajudem a sua empresa a destacar-se e conquistar mais mercado e vendas!

 

 

 

 

Querendo começar no Marketing Digital? Veja 4 informações que não podem faltar no seu Curriculum!

O Marketing Digital é uma das áreas de conhecimento e estratégia empresarial mais promissoras da atualidade e certamente continuará crescendo devido à esta característica de fazer negócios online que vai sendo assumida por todos os segmentos de mercado.

E você tem se qualificado e preparado para entrar no mundo do Marketing Digital e sente que é hora de começar a trabalhar na área? O primeiro passo, sem dúvida, é o principal cartão de visitas de um profissional: o seu Currículo.

Você está querendo começar no Marketing Digital? Veja 4 informações que não podem faltar no seu Curriculum!

Mas antes: avalie como está a sua qualificação para o Marketing Digital?

Se você tem áreas específicas do Marketing Digital ou quer atuar em todas, isso define a qualificação que você precisa ter para começar a jornada pelos empregos.

Então, se possível, dedique-se ao máximo à sua formação até um ponto que julgue que tem conteúdo para formar um currículo atraente. E os cursos em andamento são bem vindos, mas não podemos ter todos assim.

E uma dica de ouro: continue investindo em cursos. Este movimento também impressiona e é uma premissa do mundo digital.

Cuidados iniciais para um ótimo Curriculum de Marketing Digital

Antes de desenvolver o conteúdo, é preciso ter em mente algumas regras essenciais para que o currículo seja eficente.

Cuidar da linguagem

Evite os erros de português e a linguagem rebuscada, o importante é transmitir suas ideias de forma objetiva e de uma forma que demonstre que você domina o idioma da área.

Cuidar do layout do texto

Use fontes mais comuns em empresas e de tamanho que deixe a leitura confortável – sem exageros, claro. Imagine um documento que uma pessoa com óculos consiga ler sem esforço. Evite grandes espaçamentos.

Limite seu currículo a no máximo 2 páginas. Você pode fazer um currículo de 1 página, se não tem experiência profissional na área. Porém, algumas vivências em outras áreas podem ser interessantes. Não poupe espaço se achar que vale a pena coloca-las.

Currículo em Inglês?

Definitivamente sim! Ter uma opção em inglês causa uma boa impressão, afinal o mundo digital é tomado por expressões estrangeiras e podem surgir opções de trabalho remoto em outros países.

Mas cuidado: o inglês deve estar ótimo. Revise bastante, principalmente as expressões profissionais da área ou termos de negócios.

As 4 informações que não podem faltar no seu Curriculum de Marketing Digital

O currículo sempre tem partes importantes, independente da área a que se destina – informações de contato, formação, experiência, objetivos, cursos.

Porém, vamos destacar algumas que são especiais para um currículo de Marketing Digital.

1. Suas redes sociais

Nada mais alinhado com o Marketing Digital. Afinal é nelas que se concentram muitas estratégias importantes. Liste as redes, com nome e link, iniciando pelas redes que são mais voltadas para conteúdo profissionais – LinkedIn e Twitter. Facebook e Instagram também são importantes. A ideia é mostrar a sua conectividade .

Mas lembre-se: o selecionador vai acessar suas redes, portanto deixe-as o mais abertas possível. E claro, reavalie o uso das redes para que conteúdos inadequados não prejudiquem a sua imagem.

2. Cursos de especialização

A formação principal – universidade, pós-graduação – é fundamental, mas os cursos de especialização dão a medida do seu interesse e envolvimento com os aspectos da área. Liste os dados básicos – título, instituição, carga horária e época – sem entrar em detalhes do conteúdo deles. Evite os cursos que não tenham relação com a área.

3. Objetivos

Aqui você deve ser o mais objetivo e resumido possível sobre a especialização que quer trabalhar. Por exemplo, Consultor de SEO.

4. Habilidades

Aqui você deve listar as técnicas de Marketing Digital que você domina ou que tenha um bom conhecimento teórico (mostrado pelos cursos). Além disto, relacione os idiomas que domine e as habilidades com informática (programas, linguagens, aplicativos). Evite as habilidades que não tenham relação com a área.

As habilidades com os cursos de especialização mostram o seu dinamismo e desejo de aprender, características indispensáveis em profissionais de Marketing Digital e que são muito valorizadas.

 

Você pode ter mais ideias de como construir seu curriculum através desses modelos disponíveis em Curriculum Vitae download.

 

 

Em uma nova cidade? Observe esses 4 fatores antes de decidir onde se acomodar!

A vida de Nômade Digital é uma experiência enriquecedora, o velho sonho de ser cidadão do mundo e realmente é possível viver todas as emoções deste estilo de vida.

A mobilidade, a mudança de ares é a base do nomadismo e, por conta disto, existem várias preocupações naturais de uma mudança. E você? Está começando a vida de nômade e chegando em uma nova cidade? Observe esses 4 fatores antes de decidir onde se acomodar!

Mas antes: informe-se muito sobre a nova cidade.

A vida no nomadismo não precisa ser emocionante no sentido de deixarmos para conhecer a nova cidade apenas quando chegar nela.

Pelo contrário, nesta vida em movimento existem os trabalhos e precisamos estar o mais seguro possível para realiza-los, cumprir os prazos e aproveitar a emoção de verdade: conhecer a cultura, os hábitos, as pessoas, se divertir.

É importante saber o máximo de dados sobre o lugar para que a adaptação seja rápida e tranquila. Estudar guias e artigos na internet de fontes reconhecidas vai ajudar muito a visualizar onde e de que forma você pretende viver na nova cidade. Alguns sites têm mapas interessantes, incluindo de rotas de transportes, que podem ajudar a se movimenta.

Todas estas informações também vão ajudar a definir um custo diário e programar melhor as finanças. A seguir, vamos falar de pontos específicos que considero importante para aproveitar a nova morada da melhor forma.

Dica 1: Quanto tempo você vai viver na nova cidade?

Este á uma primeira e importante questão, porque ela vai delimitar todas as suas outras preocupações. Se é uma estadia de 2 semanas ou de 6 meses, a escolha da moradia muda bastante em termos de segurança e custo.

Também influencia na forma como você vai alimentar-se, necessidade de morar perto de mercados, bancos, porque você certamente não vai querer gastar com almoço e jantar fora de casa por meses. Também permite que você opte por passes mensais de transporte e até mesmo se matricule em uma academia.

Ou seja, a duração vai definir o seu estilo de vida na cidade e, consequentemente, prioridades e custos.

Dica 2: Pesquise as diversas regiões da cidade.

O tamanho da cidade influenciará esta pesquisa. Uma coisa são 6 meses em Tampa na Flórida, outra é Nova Iorque. Há vários fatores a analisar: distância das áreas de interesse, oferta de moradia, segurança, facilidade de locomoção.

A escolha da região deve ser baseada na sua expectativa na nova cidade, acima de tudo. Se você quer uma vida mais boêmia, quer proximidade das áreas mais turísticas, lugar mais tranquilo como os subúrbios.

Nada pode ser mais frustrante do que viver em uma nova cidade por meses com dificuldades de nativos que você não precisa passar.

Dica 3: Pesquise as opções de moradia.

Este é o item principal no seu novo destino e pode mudar até as expectativas que falamos antes. Você quer viver semanas de sonho quase do lado do Arco do Triunfo? Certamente tem um preço, e muito alto.

O mais importante é conhecer as opções, por regiões: imóveis para locação por temporada, longa duração, hotéis, pousadas. Cada tipo tem suas particularidades de custo e de serviços. O orçamento fará muita diferença e também o tipo de moradia que você prefere.

Não há uma receita fechada, mas exige uma pesquisa muito boa porque é algo que não queremos nos preocupar mais durante toda a estadia na cidade. Um aluguel de imóveis por temporada pode ser uma solução mais barata e viável. Veja os imóveis disponíveis na imobiliária online www.lancamentosrj.com.

Uma dica adicional: procure imóveis que, além da mobília essencial, tenham aparelhamento de cozinha. A próxima dica tem a ver com isso.

Dica 4: Revise seu orçamento.

Essa é a etapa onde definimos quanto vamos precisar nesta nova estadia e todos os custos precisam ser considerados, pelo menos numa estimativa conservadora:

  • Moradia
  • Transporte
  • Alimentação
  • Internet
  • Consumo doméstico – luz, gás, água, condomínio
  • Utensílios – exceto se puder levar os atuais, do contrário você pode fazer uma garage sale ou doar. Muitas vezes o peso e o transtorno de embalar não compensa.

Com o orçamento definido, você pode checar se tem reserva para suportar os gastos até conseguir novos trabalhos e receber pelos já entregues. Um Fluxo de Caixa é fundamental nesses momentos.

 

Espero que estas dicas tenham ajudado neste momento tão importante que é a mudança de cidade.

Boa viagem e sucesso!