Quer vender Chimarrão pela Internet? Veja aqui algumas orientações que podem ajudar!

O Brasil, com suas dimensões continentais e povos que vieram para cá investir no potencial em tantos solos e climas, possui um grande número de manifestações culturais que encantam não só os brasileiros como povos de todo o mundo.

As tradições de comidas e bebidas típicas são um capítulo à parte na cultura brasileira, a tamanha a riqueza, vinda de todas as regiões.

E uma das bebidas mais famosas do país é o Chimarrão, nascida da região Sul. É certamente o maior símbolo da cultura do Rio Grande do Sul, rivalizando com o tradicional churrasco, mas com a vantagem de ser um produto que nasceu com a cultura sulista durante o período de povoamento e crescimento econômico.

A origem dela está nos povos indígenas que já povoavam a região antes da chegada dos colonizadores. Durante muitos anos, o consumo do Chimarrão ficou concentrado no Sul e faz parte de todas as rodas onde as pessoas se reúnem para conversar, cantar ou contar histórias. É a bebida da socialização.

Com as intensas migrações internas, principalmente de gaúchos para estados do Centro-Oeste e São Paulo, o Chimarrão começou a ser difundido para todo o brasil. A bebida foi se tornando apreciada por milhões de pessoas, especialmente no interior dos estados, pela sua ligação forte com climas frios e temperados.

Hoje ela é apreciada em todo o Brasil e conhecida em diversos países, levada por turistas. Isto representa um potencial grande de sucesso, no Brasil e no exterior, em um modelo de negócio tipicamente no mercado digital.

E você, quer vender Chimarrão pela Internet? Veja aqui algumas orientações que podem ajudar!

Ação 1: conhecer o potencial mercado consumidor

Antes de lançarmos um produto, mesmo um tão marcante na cultura brasileira, como o Chimarrão, é preciso entender o tamanho do mercado consumidor que temos chance de conquistar. A pesquisas são fundamentais para captar deste universo a receptividade, as dificuldades que ele enfrenta para adquirir e as expectativas sobre a qualidade – incluindo experiências boas e ruins. Além destas informações, os dados de localização, gênero, idade, renda e mais outros são importantes.

A ideia central aqui é traçar o perfil do consumidor com a maior riqueza de detalhes possível, para definir as complexidades logística e financeira, incluindo o potencial para vendas no exterior.

Ação 2: conhecer a concorrência

O concorrente não é quem vende um produto igual ao seu, e sim quem vende para o seu cliente.

Esta é uma máxima que explica bem onde devemos concentrar o estudo da concorrência. Entender que são os outros atores deste setor: preços, tempo de mercado, o modelo de negócios (apenas pelas internet e/ou ponto físico), quais regiões eles atendem e a reputação deles com os clientes e mais alguns dados específicos.

Consumir os produtos deles é outra forma de conhecer. Todas as informações permitem definir quem será seu concorrente em cada aspecto do seu produto – preço, qualidade, entrega e algum diferencial competitivo.

Ação 3: conhecer seu produto e definir a sua linha de venda

De posse de todos os dados anteriores, você pode definir como o seu Chimarrão será produzido e oferecido. Se ele exigirá algum processo novo de fabricação, decorrente do potencial de venda e distâncias de entrega, se terá alguma característica diferenciada na composição, a segmentação por embalagem e peso. Neste link encontramos muitas informações de qualidade sobre o Chimarrão.

Ação 4: criar o seu Plano de Negócios

Este é o instrumento principal para a criação do seu negócio. Nele, estarão todos os aspectos necessários para entender como a sua venda de Chimarrão pela Internet acontecerá.

O tamanho do mercado potencial, a localização e vários dados a respeito dele, o modelo de negócio que será adotado, canais de atendimento, previsão de produção, custos, despesas e faturamento. Tudo que ajudará você a implementar a estrutura, contratar pessoal, investir em marketing e estabelecer parcerias (transportadoras, por exemplo).

Aqui o seu empreendimento começa a se tornar realidade em números e ações. E um item principal: quanto você precisará investir e até mesmo se poderá buscar investidores.

Ação 5: investir na eficiência e na qualidade dos canais de comunicação

Para uma venda pela Internet, buscando a visibilidade dos seus possíveis clientes, e para que esta presença seja feita da forma mais eficiente e lucrativa possível, é preciso conhecer as ferramentas, métricas e atividades que nos colocam na grande rede.

Invista fortemente no marketing digital, que vai avaliar tudo que o seu negócio precisa para ter sucesso no mundo digital. Em especial, o uso correto dos canais de comunicação digitais – site, blog e redes sociais.

Esses canais precisam ser atraentes visualmente, eficientes na navegação dos clientes e, acima de tudo, ter conteúdo relevante e envolvente para criar uma audiência que, reconhecendo a sua autoridade no assunto, se tornem clientes seus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *